Governo Provincial do Bié
Sociedade

Procuradoria Geral da República e Ministérios da Justiça e do Interior promovem palestra


Convidado a presidir a palestra, o governador provincial do Bié, o Eng.Pereira Alfredo, aferiu que " os temas são da actualidade e cada um de nós enquanto servidor público, deve erguer bem alto esta bandeira, é uma bandeira que tem sido publicamente assumida por Sua Excelência Presidente da República, por quanto a corrupção e o branqueamento de capitais são males que corroem a nossa sociedade, precisamos todos juntar sinergias para de forma gradual irmos combatendo este grandioso mal".



 



O governante ainda fez saber que “tratando-se da gestão do erário público, o bem de todos nós, aqueles que foram designados para gerir este bem, têm a consciência que é um bem alheio,simplesmente incumbidos para a sua gestão”.



 



 



Pereira Alfredo sublinhou que  " o fenómeno corrupção não só se regista no sector público, mas é um mal que atinge quase toda sociedade, as instituições públicas, primeira instância e sectores privados.



 



 



O governador Provincial do Bié disse ainda “que os sinais que têm se verificado nos últimos tempos são encorajadores e vão servir de moralizadores da nossa sociedade”.



 



Durante a dissertação dos temas :Regras anuais da execução do Orçamento Geral do Estado na base do Decreto Presidencial nº 111/18 de 27 de Abril e o Combate a corrupção e branqueamento de capitais, dentre vários esclarecimentos, os presentes foram informados que a corrupção é o acto pelo qual um funcionário solicita ou aceita, de forma directa ou indirecta, um benefício indevido para seu proveito ou de outra pessoa ou entidade, com o fim de que o mesmo actue ou se abstenha de actuar no cumprimento  de suas funções legais. 



 



Participaram da Palestra: Membros do governo, Magistrados Judiciais e do Ministério Público,  órgãos de defesa e segurança interna, Entidades Religiosas, Autoridades Tradicionais e convidados