Governo Provincial do Bié
Governo

Presidente aborda cooperação com os EUA


Em declarações à imprensa, a diplomata americana reafirmou o interesse recíproco de se reforçarem as relações de cooperação entre os dois países.



A diplomata americana apontou como principais focos da cooperação com Angola a desminagem, o combate à malária, ao branqueamento de capitais, bem como o contínuo apoio à campanha contra a Sida, encabeçada pela Primeira-Dama, Ana Dias Lourenço.



A embaixadora destacou, também, as comemorações dos 400 anos da chegada dos primeiros 20 escravos angolanos ao território norte-americano, que se vai assinalar, na próxima semana, no Museu Nacional de História Afro-Americana em Washington D.C., cuja entrada ostenta um busto da rainha Nzinga Mbandi.  



Segundo um despacho presidencial de Agosto último, esta celebração “encerra uma oportunidade singular para Angola projectar a sua imagem e divulgar a sua importância histórica no desenvolvimento dos Estados Unidos da América”.



Em Agosto de 1619, chegaram à cidade de Jamestown, no Estado da Virgínia (então colónia britânica), os primeiros navios portugueses com africanos, que foram raptados e vendidos como escravos vindos do território que viria a ser Angola.



Mensagem do Presidente do Mali



Em outra audiência, o Presidente João Lourenço recebeu uma mensagem do Estadista maliano, Ibrahim Boubacar Keita, que foi entregue por um enviado especial, Tiebilé Dram, cujo conteúdo considerou sigiloso.



Tiebilé Dram considerou excelentes as relações entre os dois Estados e enalteceu o empenho de Angola na libertação dos povos africanos, principalmente, o contributo prestado para a abolição do "Apartheid", na África do Sul.



Destacou, igualmente, as vitórias das batalhas do Cuito Cuanavale e outras que contribuíram para a libertação de muitos povos do continente africano.



Angop